Entrevista exclusiva com Andre Matos

Por: Marcos Chapeleta

Faltando uma semana para subir ao palco do Rock in Rio, o cantor Andre Matos conversou com a Dynamite sobre a expectativa de tocar no tradicional festival. O músico fará um show com sua banda solo junto com o Viper.
O artista também comentou sobre a turnê do novo álbum “The Turn of the Lights”, além da comemoração dos 20 anos de “Angels Cry”, o disco de estreia do Angra. Entre as novidades, foi revelado os locais da próxima excursão internacional como a Argentina, Japão e Europa. Para finalizar, Andre Matos falou sobre a conquista do Prêmio Dynamite 2013. Leia a seguir.

Dynamite: Qual a expectativa para o Rock in Rio, Andre?

Andre Matos: Olha, nós estamos a uma semana do Rock in Rio agora, obviamente eu vou me repetir se disser que é um motivo de orgulho e prazer tocar no Rock in Rio. Eu já disse isso várias vezes, de fato é. Além da banda solo ter o Viper como convidado é realmente uma coisa especial porque para mim é meio emblemático. O ano em que o Viper começou as atividades comigo foi o mesmo ano do primeiro Rock in Rio e eu fui assistir quando era adolescente.

Então, tudo isso acaba casando no momento em que a carreira está consolidada, já são mais de 20 anos de carreira. Só de banda solo já são seis anos, estamos fazendo sete anos agora. A expectativa (para o festival) é grande, mas ao mesmo tempo rola uma serenidade de saber que a gente vai chegar lá e cumprir com o que a gente sabe fazer bem e espera que saia bem, fazer bem, que não haja contratempos técnicos, mas acredito que não, acredito que seja um festival dos mais profissionais possíveis. A gente já tocou em vários festivais pelo mundo a fora e não vai ser no Rock in Rio que a gente vai ter problemas.

A única coisa que digo é esperar a galera em peso, vamos tocar, na nossa opinião, no melhor dia do festival que é o último, dia 22, domingo, dia do metal mesmo e vamos abrir o dia no Palco Sunset. Vai ser uma coisa de bastante destaque, a gente já está preparado para isso, de resto só posso dizer que rola uma pequena ansiedade mesmo, esperando chegar o dia para a gente subir nesse palco.

Dynamite: O show vai ser meio Andre Matos e meio Viper?

Andre Matos: Nós vamos dividir mais ou menos o tempo, a banda Andre Matos na verdade é a atração principal e o Viper entra como convidado especial. A banda solo vai tocar umas cinco ou seis músicas e o Viper deve tocar umas quatro músicas, e no final a gente deve fazer uma música juntos, uma ‘jam’ juntos.

Dynamite: Como está a turnê nova? Inclusive com os 20 anos do álbum “Angels Cry”.

Está muito bem, desde o início do ano quando a gente se propôs a fazer a turnê tanto do lançamento do novo álbum que é o “The Turn of the Lights” juntamente com uma comemoração aos 20 anos de “Angels Cry”. A gente fez 35 apresentações só no Brasil e agora a gente vai começar a sair do Brasil também para fazer fora, mas a prioridade agora realmente é esse show do Rock in Rio que a gente precisa cumprir 100% e a partir daí a gente já sair viajando por outros lugares também.

Dynamite: Falando em turnê fora, vocês vão tocar na Argentina, né?

Nós vamos tocar na Argentina, nós vamos tocar na Colômbia, nós vamos tocar no Chile, tem propostas para a gente tocar na Europa em festivais de inverno que estão rolando agora lá e ainda estamos em negociação para levar a banda ao Japão antes do fim dessa turnê.

Dynamite: Quer mandar um abraço para o Pomba? (risos)

Quero mandar um abraço para o Pomba (o fundador da Dynamite produziu o primeiro álbum do Viper, “Soldiers fo Sunrise”), quero mandar um abraço para todo mundo da Dynamite. Fiquei muito honrado e feliz com o Prêmio Dynamite, infelizmente eu não estava no Brasil nessa época, o pessoal foi me representar. Mas é sempre motivo de orgulho mesmo ganhar um prêmio de vocês porque as vezes a gente se baliza muito mais pelo que é a mídia underground, que é uma mídia feita com sinceridade, sem interesses comerciais, do que por uma mídia, vamos dizer assim, mais tradicional. Portanto, o fato de ter recebido o prêmio de melhor disco pela Dynamite representa bastante para mim, podem ter certeza disso.

Fonte: http://www.dynamite.com.br/blog/2013/09/entrevista-exclusiva-com-andre-matos/

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s