2001/04/21 – Shaman no Via Funchal – São Paulo/SP

Show – Shaman
21.04.2001 – Via Funchal – São Paulo – SP
Abertura: Karma

Estava tudo pronto para o grande retorno de André Matos (ex-vocal do Angra) aos palcos, agora com nova banda e segundo o próprio André, com nova fase em sua vida.

O público, totalmente dominado por fãs alucinados do antigo Angra e do chamado heavy metal melódico, esperava ansioso pelo retorno de seu ídolo à frente de uma grande banda, o Shaman.

Karma

A banda Karma se encarregou de abrir a noite metal no Via Funchal e o fez com muita competência. Não seria exagero dizer que a qualidade e a apresentação do Karma não ficou nada atrás da grande atração da noite, o Shaman.

Esta banda promete muito e ainda vai dar o que falar no cenário metal mundial. Destaques da banda ficaram por conta do guitarrista (Chico) e do baixista, que detonaram, dedilhando em todas as músicas, com muito sincronismo. O baixista deu um show à parte, tocando seu baixo de 5 cordas com muita garra e energia, detonando em músicas como uma fenomenal instrumental, que foi o ponto alto do show dos caras. Destaque também para a música “Sledgery” e para a balada que encerrou a brilhante apresentação do Karma, “The Speech”. O vocalista Thiago demonstrou uma excelente presença de palco, movimentando-se muito e agitando a galera. Parabéns Karma, show nota 10!

Shaman

Depois que o Karma deixou a temperatura da casa elevadíssima com seu grande show, era chegado o momento tão esperado.

A banda Shaman, cujo nome refere-se a um Pagé (feiticeiro) indígena, que segundo a lenda, ressuscitou um guerreiro índio morto e que também é o nome de uma música do antigo Angra, subiu ao palco em grande estilo. Alías, o palco subiu com a banda! É isso mesmo, o show começou com uma performance emocionante de André Mattos, à frente de um piano, que subia junto com um palco móvel. Estava começando a primeira balada do Shaman, chamada Time Will Come, música do Shaman que já é sucesso entre os adoradores do metal melódico no Brasil.

O show foi repleto de surpresas. A primeira delas foi visual. Logo no começo do show, uma grande explosão de fogos, como aquelas que rolam nos shows do Twisted Sisters e Kiss, marcou a estréia de André Matos (vocal), Ricardo Confessori (bateria), Luís Mariutti (baixo) e Hugo Mariutti (guitarra), deixando a platéia de boca aberta.

O show foi ficando cada vez mais quente à medida em que a banda matava a saudade dos fãs, com antigos sucessos do Angra, em músicas como “Streets of Tomorrow” e “Silent And Distant”.

Outra surpresa foi participação de um convidado muito especial, Ives Passarel, do Viper, que entrou no palco para acompanhar André Matos em uma música das antigas do Viper, chamada “Living For The Night”.

A banda tocou ainda covers do Judas Priest (“Painkiller”) e do Metallica (“For Whom The Bell Tolls”), esta com André na batera e Hugo nos vocais.

Foi um show para lavar a alma de qualquer fã de André, do antigo Angra e do bom metal melódico. Para nós do Portal do Rock, que estivemos cobrindo todo o Rock in Rio 3 e vimos shows de gigantes como Rob Halford e Iron Maiden, ficou ainda mais claro que bandas nacionais como Shaman e Karma, não devem nada em termos de qualidade e talento às bandas gringas! Welcome Shaman! Metal Rules!!!

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s