2002/11/16 – Shaman em Belo Horizonte

Clube Horion – Belo Horizonte/MG (16/11/02)
Por: Leo Rodrigues
Fotos: Cristiano Kriss

A epidemia de shows cancelados ou adiados que assolou Belo Horizonte nos últimos 12 meses não poupou o Shaman, que inicialmente se apresentaria no mês de setembro. Bandas de metal, tanto nacionais como internacionais, tiveram problemas em agendar datas para apresentações na capital mineira. Angra, Sonata Arctica, Blaze, Blind Guardian, a dupla Metalium/Edenbridge, e mais recentemente o Primal Fear, frustraram a expectativa dos mineiros. De quem seria a culpa? Produtores incompetentes? Incompatibilidade na agenda das bandas? Alta do dólar? Ou da própria cidade, que, definitivamente, não possui um local adequado para grandes shows de rock? De qualquer forma, fica aqui o protesto.

Assim como aconteceu com o show do Angra, realizado há menos de um mês no Lapa Multshow, o trabalho dos produtores deixou muito a desejar. Primeiro por novamente não escalar nenhuma atração de abertura. Segundo, pela “brilhante” idéia de substituir a grade de proteção, entre o palco e o público, por seguranças prepotentes e despreparados. Problemas à parte, vamos ao melhor da noite, o show.

Os portões foram abertos por volta das 21:00, e devido a problemas técnicos com o violão de Hugo, somente às 23:25 a apresentação teve início.
Para começar, “Ancient Winds”, a bela introdução, composta há vários anos – inicialmente para ser utilizada em uma peça de teatro – por Andre Matos. A versão presente no CD, tem novo arranjo e conta com a participação do violinista mineiro Marcus Vianna, que fez história no Sagrado Coração da Terra. Ele logo daria as caras durante a apresentação, privilégio do público de Belo Horizonte.

Ao som de “Here I Am”, Andre Matos, Ricardo Confessori, os irmãos Hugo e Luís “Jesus” Mariutti, além do tecladista contratado Fábio Ribeiro, causaram grande alvoroço na platéia. Afinal, desde o primeiro show no Via Funchal (SP) em abril do ano passado, os belo-horizontinos esperavam ansiosos pela oportunidade de ver a nova banda dos ex-integrantes do Angra. Na seqüência, “Distant Thunder”, uma música que tem uma das melhores melodias do novo álbum.

Com Andre aos teclados, veio então “Time Will Come”, que teve o refrão cantado em uníssono pelo público Uma pausa para agradecimentos aos fãs precedeu a música que dá nome ao fã clube, “For Tomorrow”. Essa música, mesmo apresentando características típicas de um bom Heavy Metal, é única. Um clima de música andina prepara o ouvinte para grandes vocais (de praxe), flautas, violão,riffs e uma levada certeira. Com certeza logo se tornará um grande clássico.
Bem recebido por todos, o duo de músicas do Angra “Wings Of Reality” e “Lisbon”, mostrou que mesmo com arranjos reduzidos a somente uma guitarra, a banda tem um grande instrumentista que esteve bem à vontade em palhetar, nas seis cordas, riffs e solos da antiga banda dos demais integrantes.
Na Jam Instrumental, toda a classe da “cozinha” do grupo ficou evidente. Ricardo, com seus tempos quebrados e com uma forte pegada de caixa e bumbo duplo, dispensou comentários. Mais incrível é a habilidade que tem em girar as baquetas entre os dedos, mesmo durante o solo.
“Nothing To Say”, do Angra, fez todo mundo pular e com “Over Your Head” não foi diferente. Na última, aprovado pelo público, Marcus Vianna com seu violino, foi o grande destaque. Estranho é o começo dessa música. Ouvindo o CD num volume maior, é possível ouvir claramente vozes infantis cantando uma canção. No mínimo curioso. Na seqüência foi a vez da música mais conhecida do grupo, devido à execução em novela global: “Fairy Tale” (de novo com Marcus Vianna). A oitentista “Pride” fechou a primeira parte do show. Com certeza Tobias Sammet do Edguy, que cantou a faixa na versão presente no novo disco, não fez falta alguma.

No primeiro Bis, Vianna esteve novamente ao lado do Shaman para dar sua última contribuição, tocando a faixa título do novo CD, “Ritual”. Agora seria a vez de duas merecidas homenagens, “Burn”, do Deep Purple e “Living For The Night”, da banda que revelou Andre Matos como um dos melhores vocalistas do metal nacional, o Viper. Na primeira, os teclados, ao melhor estilo do mestre John Lord, foram muito bem conduzidos por Fábio. Na segunda, apesar de todo o entusiasmo, parecia que poucos sabiam cantar o marcante refrão.
Novamente a banda sai de cena.

Instantes depois é a vez do segundo Bis. Para a alegria geral, as duas músicas mais pedidas são tocadas. Antecedida pela intro “Unfinished Allegro”, “Carry On” mostrou, mais uma vez, que Hugo pode segurar bem a peteca em qualquer música. “Painkiller”, do Judas Priest, fechou muito bem uma noite em que Andre esteve sempre impecável, conduzindo bem o espetáculo. O encerramento, junto aos agradecimentos, deu-se ao som de “II Renaissance”, tema instrumental presente em “Lasting Child”, última faixa do primeiro disco do Angra. Andre aproveitou para prometer uma nova passagem por BH no primeiro semestre de 2003. Está registrado, e promessa é dívida. Mesmo dividindo opinião entre os fãs, o show evidenciou que o racha ocorrido na principal banda de Heavy Metal melódico do país rendeu bons frutos.dois conjuntos de bom nível que colocam o Brasil como um importante celeiro de bandas de rock pesado.

E para finalizar, mesmo cansados após uma esgotante noite, os músicos ainda distribuíram autógrafos através da grade que separava o público do Backstage.
Mais carisma e atenção pelos fãs, impossível.

SET LIST:
– Ancient Winds
– Here I Am
– Distant Thunder
– Time Will Come
– For Tomorrow
– Wings Of Reality
– Lisbon
– SOLO Hugo Mariutti
– Instrumental
– SOLO Ricardo Confessori
– Nothing To Say
– Over Your Head – participação de Marcus Viana
– SOLO Andre Matos
– Fairy Tale – participação de Marcus Viana
– Pride
– Ritual – participação de Marcus Viana

– Burn (Deep Purple)
– Living For The Night (Viper)

– Unfinished Allegro
– Carry On
– Painkiller (Judas Priest)

– Encerramento com “II Renaissance” (in: “Lasting Child”)

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s