2003/04/05 – Shaman em São Paulo – Gravação do RituAlive – O Show – Credicard Hall

FAN REVIEW ESPECIAL – Credicard Hall – São Paulo/SP (05/04/03)
Por: João Paulo Ribeiro – ShamanOnline / For Tomorrow
Fotos: Adriana Camargo e Celso Eduardo Scarparo ShamanOnline/For Tomorrow

Muitos fãs chegaram cedo para conferir a segunda apresentação da Ritual World Tour. O Local escolhido para a gravação do DVD foi o Credicard Hall, devido sua infra-estrutura e maior capacidade de público.

Dentre os vários convidados especiais, Tobias Sammet e Sascha Paeth já estavam no Credicard desde às 15 horas – acompanhados de toda a equipe do Shaman.

O Espetáculo começou às 22H00 em dia de casa cheia e com muita ansiedade por parte do público e da banda. A intro de “Ancient Winds” se inicia para o delírio de todos os presentes. Após alguns minutos as luzes e efeitos de pirotecnia já anunciavam que a banda não estava para brincadeira.

As músicas “Here I Am”, “Distant Thunder” e “For Tomorrow” foram cantadas por toda a platéia que fez uma ótima interação com a banda. Era o Mystic Metal no ar… E em seguida para “acabar” de vez com fãs presentes, Andre Matos inicia as primeiras notas de “Time Will Come”.

Mas as surpresas estavam começando e então para relembrar os tempos da fase Angra – um momento especial para antigos e novos fãs – um “Medley” de músicas do cd Holy Land e fireworks. Silence and Distance, Carolina IV, Time, Wings of Reality e em seguida Lisbon na íntegra para o término de grandes músicas do passado.

Hugo, Luís e Ricardo fizeram da música Be Free, uma breve aula para os apreciadores de suas técnicas e em seguida, Ricardo ficou sozinho no palco para executar um solo de bateria.

Eis o primeiro convidado da noite, Marcus Viana (Sagrado Coração da Terra) acompanhado de seu violino, se junta à banda para tocar a pesada “Over Your Head”. Um clima se forma no ar, fumaças, pouca luz e de repente: um piano! Então, o maestro Andre apresenta um emocionante solo e logo em seguida, toca as primeiras notas de “Fairy Tale” ainda acompanhado de Marcus Viana.

Mas ainda tinha muito por vir… Depois de “Blind Spell” e “Ritual” a noite ainda reservava mais surpresas. Andre apresenta mais um convidado, o guitarrista e produtor Sascha Paeth. A intro de To Be (do álbum Virgo – projeto paralelo de Andre Matos e Sascha Paeth) é executada para em seguida ser acompanhada da excelente, Crazy Me? – também do Virgo. E para os fãs do projeto, este foi um momento único e privilegiado, já que desde o lançamento do cd, houve apenas uma apresentação, na Alemanha.

Mas, entre os convidados mais esperados da noite estava Tobias Sammet – vocalista do Edguy e dono do projeto Avantasia – entra no palco, meio tímido, para cantar junto com Andre as músicas Inside e Sign of the Cross (Avantasia parte I).

Andre assume seu lado “pastor evangélico” e convoca os presentes para um culto religioso. Pede que todos rezem pela salvação de suas almas e libertem os seus demônios através de Pride, juntamente com Tobias Sammet nos vocais. Daí, não tinha mais jeito, nem os mais tímidos, conseguiram manter-se parados. Era um Credicard Hall, se transformando em Credicard Hell.

A intro de Unfinished Allegro lembra os tempos do Angra e segue com o Hino Carry On. Andre aproveita o momento e fala sobre a injusta guerra contra ao Iraque e sobre as centenas de pessoas que perderam suas vidas no conflito e emenda este momento com “Living For The Night” do Viper.

É, o show estava próximo do final e, nem banda, muito menos público demonstravam vontade de abandonar o local, mas ainda tinha muitas surpresas… A Introdução de um solo de teclado por Fábio Ribeiro e em seguida, Michael Weikath e Andi Deris entram para a execução de Eagle Fly Free do Helloween. Andi Deris dominou a platéia juntamente com o Andre Matos e muitos fãs foram ao delírio – e ficaram confusos, afinal, para qual dos dois olhar? – ao ver dois grandes Frontmans lado a lado, cantando um dos maiores clássicos do Heavy Metal.

No final, para fechar a noite com chave de ouro, Breaking The Law com todos os convidados no palco. Quando alguém achou que veria tamanho clássico do Judas Priest com tantas “figuras” famosas do Heavy Metal, em uma só vez e aqui no Brasil? Mas melhor do que os próprios músicos, foi o fantástico solo de violino tocado por Marcus Viana, que deixou até Michael Weikath de queixo caído – no mínimo foi notável.

E para finalizar, todos os músicos posaram para algumas fotos que supostamente serão escolhidas para a capa do DVD.

O Shaman aproveita para agradecer os diversos músicos, amigos e admiradores que fizeram questão de comparecer e prestigiar o show da banda e participar deste momento importante da carreira do Shaman.

As fotos oficiais do show podem ser conferidas aqui

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s