2005/11/14 – Resenha SHAAMAN em Cuiabá

Show reuniu milhares de fãs do Shaaman
Da Redação, 16/11/2005 – 22:20h

Um show energizante, que superou as expectativas da banda Shaaman, foi o que os cuiabanos tiveram a oportunidade de presenciar, no dia 14, no ginásio do Sesi Park. O evento atingiu o terceiro maior público da turnê 2005, entre quatro mil e 5 mil adeptos, perdendo apenas para os shows de São Paulo e Vitória, que tiveram seis mil pessoas.
Com um repertório de 14 músicas, e quase duas horas de duração, o quarteto subiu ao palco exatamente 1 hora da madrugada do feriado de 15 de novembro, e levou o público à loucura com os solos do piano de André Matos, que levantou os ânimos com seu vocal e performance insana no palco, das batidas alucinantes de Ricardo Confessori na bateria, que fez um show à parte, e a cozinha dos irmãos Luis e Hugo Muriutti, que comandaram nas pegadas rasgadas, respectivamente no baixo e guitarra.

Como prometido pela rádio Cidade FM 94,3, um show que marcará o ano de 2005 no conceito da cena rock, que agora abre caminho e comprova que, se tratando de heavy metal, Cuiabá já tem público para outros shows de grande porte de bandas com destaque tanto nacional quanto internacional, como é o caso de Shaaman.

“Pela primeira vez em Mato Grosso nós sabemos que esse show é o primeiro vínculo com o metal a emplacar aqui e estamos surpresos pelo público de hoje (14). Obrigado ao pessoal que veio de fora. Esse é o primeiro evento do tipo e não vai ser o último, pois vamos voltar no ano que vem. Podem ter certeza que esse show vai marcar na vida de vocês”, disse André ao público, no embalo da flauta peruana na música “For Tomorrow”, do primeiro CD, o “Ritual”, que explora o uso de instrumentos atípicos em um disco de heavy metal, tais como tambores celtas, gaita de fole, flauta barroca entre outros.

Com o show pontualíssimo, e apesar do horário um pouco já avançado, ainda depois das três bandas da terrinha – “Anhangá”, “Sedna” e “Protocosmos Project”- subirem ao palco e mostrarem que em Cuiabá também se faz um bom heavy metal, da primeira à última música, o público pulou, cantou, gritou, vibrou e sobraram palmas para a banda, como se já tivesse uma afinidade antiga, iniciando o show com a “Trail of Tears”, do disco novo, o “Reason”.

Com braços ao ar, o público literalmente saiu do chão e teve até quem se “empoleirasse” nos ombros de amigos para tentar ficar mais próximo da banda e se enveredar pela música e apresentação marcante de cada um dos componentes da banda. Assim, o público foi à loucura quando André disse: “Oramos juntos que vem chegando a hora de colocarmos os demônios para fora de seus corpos”, em “Pride”.

“Nós achamos que íamos fazer um show para um público de 800 a mil pessoas, mas isso aqui foi impressionante, primeiro pela quantidade de gente, segundo, por ser um lugar que está fora da rota do metal, o público conhecia todas as músicas”, ressaltou o baixista Luis Mariutti.

“Nós vamos levar isso aqui para o resto do Brasil e do mundo e vamos sentir no direito de sermos os pioneiros a trazer um show de heavy metal desse porte”, gritou André, seguido de gritos emocionados do público.

O produtor e diretor do novo DVD do Shaaman, Patrick Nicholas Korb, que está acompanhando o quarteto desde o começo da turnê, fará um vídeo documentário do trabalho. “Vou fazer uma história disso tudo que está sendo elaborado pela própria turnê, ao rumo do que for acontecendo. E sem demagogia, mas foi impressionante o que vi Cuiabá, com um super público”, disse ele, que também foi responsável pela produção do primeiro DVD do grupo.

Para a alegria de quem esteve presente, o show de Cuiabá será incluído nesse documentário, que está previsto para ser lançado no meio do ano que vem, conforme prevê Patrick. Além da cidade verde, terá imagens de São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, entre outras, e na semana que vem, a banda segue para o Chile e Europa inteira.

De acordo com o vocalista André, Shaaman é talvez a banda de rock pesado brasileiro que tocou praticamente em todas as capitais do Brasil, além de cidades do interior, com exceção do Acre, Rondônia, Roraima e João Pessoa.

Folha do Estado

Fonte: http://www.flogao.com.br/flogmetal/blog/907743

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s