2012/11/17 – VIPER E KISS @ ANHEMBI

Publicado em: 29 de novembro de 2012

O KISS de volta a São Paulo. Depois do sucesso da turnê Alive 35 que passou pelo Brasil no mesmo Anhembi em 2009. Desta vez seria o inicio da turnê do aclamado álbum Monster, vale ressaltar a paixão dos fãs pela banda, que talvez um concerto do Kiss gere tanto estardalhaço por não virem todo ano como o Iron maiden faz por aqui, e dessa vez teve a possibilidade extra de um concerto fechado acústico com Meet & Greet cujos ingressos duraram quase 2 horas.

Não existe, show do Kiss, concerto, apresentação ou o nome que queira dar. Os 4 fazem simplesmente um espetáculo, e isso há quase 40 anos, já foram chamados pelo visual demoníaco, como se o nome KISS fossea  abreviação de ” Kids in Satan Service” ( Ou você acha que sua banda predileta de Black Metal inventou isso de passar pó de arroz na cara? Ah váh!!!!!!!Tanto o Kiss e depois a banda Brasileira Secos & Molhados ja faziam isso desde o inicio da década de 70). A felicidade de todos na fila era imensa, e quem escutou os gritos de “Chicrete, chicrete” na mesma devem lembrar do momento que era aquilo ou emoção de entrar na Arena Anhembi.

A arena assim como em 2009 era dividida em vários quíosques tanto de comida como de patrocinadores, que em alguns se fotografavam com covers do Kiss, outros com o logo da banda ou em montagens de Stage Diving, além de um cover de Ozzy que caminhava calmamente pela platéia tirando fotos com todos. Isso é o tipo de ambiente  onde o KISS toca.

Como banda de abertura, nada mais justo, que o acontecimento do ano no Heavy Metal nacional que foi a excursão de Reunião do Viper para os 25 anos do Soldiers of Sunrise e nada mais justo e honrado que a banda abrir para o Kiss, assim como ja tinha feito no Festival Monster no Pacaembu. Knighst of destruction foi a primeira seguidos por To Live Again cantando por muitos dos quase 25 mil que lotaram a Arena Anhembi, Prelude to Oblivion, os clássicos A Cry From the Edge, e o Mega Hit Living for the Night, mostra que a banda continua espetacular, mais de 20 anos depois as músicas continuam sensacional, e o momento mais engraçado da noite foi quando um roadie avisa Andre Matos que só falta uma música ele brada ” Eu já sei…” fazendo todos rirem na platéia.. aos gritos de “Everybody, Everybody” eles tocam Rebel Maniac e finalizam com We Will Rock You.

Falar bem de um show do Viper é quase como um pleonasmo, uma baita banda que deveria continuar na ativa, mostrando pra muito moleque que não é gritando e fazendo cara de mal, e depois pedindo leite morno pra mamãe ou chorando que levou chifre da namorada, que se faz um bom Heavy Metal e sim com Talento Garra e Competência, que todos, nomeando Guilherme, Andre, Felipe, Pit e aqui o Hugo sem esquecer do Yves que monaram o Viper e foi fundamental na Historia do Heavy Metal Brasileiro.

Lembrando que essa turnê termina dia 2 de dezembro no Farewell Concert no Via Marquês como sempre lembraram durante toda a apresentação.

Set List

Knights of Destruction

To Live Again

Prelude to Oblivion

A Cry from the Edge

Living for the Night

Rebel Maniac

We Will Rock You

A cortina com o logo do Kiss desce e ja sabíamos o que viríamos e após o incansável jargão mais famoso do mundo que serde de intro para a a banda “You Wanted The Best! You Got The Best! The Hottest Band In The World! KISS!!!!!! e como sempre já tínhamos Detroit Rock City , e a banda descendo de cima para baixo, com direito a um show da platéia cantando o riff no meio da música, simplesmente emocionante, Shout it Out loud, veio na sequência congiando muito mais ainda, em Calling Dr love, estava lá, era o KISS mais uma vez em São Paulo.

Paul agradece São Paulo e diz que são paulo faz ele se sentir como se estivesse em sua segunda casa, ele diz do novo álbum Monster e então executam Hell or Hallelujah, Hotter Than Hell traz a clássica cena da cuspida de Fogo tracionalmente feita por Gene Simons, I Love It Loud, faz todos cantarem e claro que a intro soa bem diferente da inicialmente gravada por Eric car, ninguém conseguirá fazê-la, no caso Eric Singer Tommy Thayer, que cantou a próxima música, Outta This World e quando finalizam Eric e Tommy fazem seus solos e com uma bazuca em punho ele cordena o disparo dos fogos isso claro em uma plataforma elevada.

Chegava a vez do solo de Gene Simons, que sabemos que não é muita coisa técnica, o público vai a loucura quando ele gospe sangue pela boca, tem também um pouquinho a mais de fogo, sensacional, então ele é elevado a parte superior do palco onde tínhamos uma plataforma e de lá God of Thunder soa incrível.

A surpresa do set foi a execução de Psycho Circus música composta na reunião dos 4 Kiss originais, que dificilmente é tocada e foi incluída no set list da America Latina, ótimo para nós, pois eu era um, assim como o amigo Gabriel que achávamos que nunca escutaríamos a mesma ao vivo.

Paul sempre repetia “Eu amo a Argentina ( Público vaia como sempre), o Chile, o Paraguai, mas o meu coração está em São Paulo. Em uma noite como essa, quero ver vocês e essa música fala sobre amor “, e através de um cabo voa para um palco no meio da platéia onde de lá canta Love Gun.

A intro com o riff de Stairway To Heaven, do Led Zeppelin. serviou como intro de Black Diamond, que teve a intro duas vezes conforme pedido de Paul Stanley para então terminarem a primeira parte do show..

Rapidamente voltam perguntam se podem tirar a foto clássica com o anhembi todo com as mãos para o alto, e perguntam se podem tocar mais algumas músicas e se poderiam voltar mais vezes à cidade e recebendo berros de empolgação o Bis vem matador com Lick It Up, com direito a trecho do The Who, I Was Made For Lovin’ You e o hino Rock and Roll All Nite.

O que dizer de algo que começa com Detroit Rock City, tem no meio, Love it Loud, Psycho Circus, Black Diamond e termina com I was made for lovin’ you e Rock ‘n” Roll all nite, 4 letras representam tudo. ………FODA.

 

Detroit Rock City

Shout It Out Loud

Calling Dr. Love

Hell or Hallelujah

Wall of Sound

Hotter Than Hell

I Love It Loud

Outta This World

Bass Solo

God of Thunder

Psycho Circus

War Machine

Love Gun

Black Diamond Encore:

Lick It Up

I Was Made for Lovin’ You

Rock and Roll All Nite

Fonte: http://www.ailhadometal.com/reviews/viper-e-kiss-anhembi-sao-paulosp/

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s