2014/11/14 & 15 – Andre Matos volta ao Nordeste – Pt. I

10616257_1532215250350028_2630107033675833077_n

Renato Ferreira esteve presente nas últimas duas apresentações de Andre Matos no Nordeste do País e nos conta um pouco sobre esse final de semana.

Segue a primeira parte da resenha que também pode ser encontrada em:

http://www.bandaandrematos.com/resenha-andre-matos-em-teresinapi-parte-1/

Andre Matos em Teresina/PI -14/11/2014

Este final de semana no qual foi celebrado a Proclamação da República, Andre Matos fez uma breve, porém inesquecível incursão pelo nordeste brasileiro, região que possui uma de suas bases mais fieis de fãs não só no Brasil, como em todo o mundo. O músico que já se aproxima dos seus 30 anos de carreira foi o vocalista de bandas como Viper, Angra, Shaman e participou de centenas de projetos paralelos que vão desde Pop Rock até Música clássica e Óperas. Falar de Andre Matos e sua importância para o Heavy Metal brasileiro é chover no molhado. O músico esteve em Teresina(PI) no dia 14 de Novembro e no dia seguinte(15/11) em Fortaleza no Ceará com a tour comemorativa dos 20 anos de Angels Cry, debut do Angra e clássico absoluto do Power Metal mundial. Porém foi divulgado músicas do seu último álbum The Turn of The Lights de 2012, além de várias outras músicas de toda a sua carreira.

Em Teresina, a banda Andre Matos foi anunciada como apresentação no festival Planeta Brazuca, a única banda de Heavy Metal no meio de várias atrações de nomes como Frejat, Nando Reis e Raimundos. Porém devido a uma polêmica e conturbada situação envolvendo um organizador do festival o evento foi cancelado na véspera de sua realização. De qualquer forma uma parte da banda e equipe, incluindo o próprio Andre Matos se deslocaram para Teresina, apesar de terem sidos informados através de boatos nas redes sociais e com as notas oficias das outras bandas que iriam se apresentar sobre o consequente cancelamento do festival. Uma vez aqui em Teresina, a banda não obteve nenhum contato e foram negligenciados pela produção do festival, tendo que desembolsar por conta própria os custos por hospedagem, alimentação e para viagem a Fortaleza para o show no dia seguinte.

Em meio a tamanha desventuras, foi organizado com o apoio de Marcelio Nascimento, e Kelson Almeida, um produtor de eventos local, um encontro com os fãs para uma sessão de autógrafos e fotografias. Uma atitude nobre de ambos os lados que foram igualmente prejudicados devido a incompetência dos responsáveis pela organização do festival. Andre chegou a ser entrevistado por diversas emissoras locais e esclareceu sobre a situação e mostrou que apesar das turbulências iria compensar seus fãs, vários destes que se deslocaram de cidades vizinhas e até de outros estados para ver a apresentação da banda. Eis que o evento foi divulgado durante a própria sexta e contou com a presença de vários de seus fãs, que apesar do acontecido ficaram bastantes satisfeitos com a oportunidade de ver um show mais intimista e reservado. O evento veio acontecer no Quintal Rock Bar no mesmo dia que Andre deveria se apresentar no festival e atraiu uma legião de fãs para o local.

Inicialmente o evento foi divulgado, como já mencionado para ser um Meet & Greet com a banda, mas após algumas conversas foi concebido a ideia de um pocket show improvisado, apesar da ausência dos dois guitarristas da banda, Hugo Mariutti e Andre Hernandez que ainda não haviam se deslocado por uma decisão estratégica da banda. Apesar disso, após algumas horas de espera Andre chegou junto com Bruno Ladislau e Rodrigo Silveira e se apresentaram de forma totalmente improvisada no local com o apoio de alguns músicos locais na guitarra. A banda apresentou clássicos como Fairy Tale, Lisbon e Living for the Night e alguns covers como Breaking The Law, Wasted Years e Flight of Icarus. Uma apresentação bastante curta mas muito agradável aos presentes devido ao clima minimalista da apresentação.

Após o show, Andre, Bruno e Rodrigo fizeram o prometido meet & greet com uma grande quantidade de fãs que se encontravam no local(inclusive este que vos escreve que teve a oportunidade de autografar seus vinis do Theater of Fate e Angels Cry).

Apesar do pesares, foi uma noite compensadora e só mostrou a humildade de Andre para com seu público ficando até uma promessa voltar em breve a capital piauiense. Espero que não demore mais cinco anos como foi o hiato entre seu último show que aconteceu no Bueiro do Rock e este descrito. No dia seguinte a banda viria a se apresentar em Fortaleza onde eu também fui prestigiar um do shows mais completos que já vi na minha vida.
Mas isso vai ficar para uma segunda parte da resenha.

8964_676566879123177_4909218316007375148_n

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s