Andre Matos em São Caetano do Sul 18/08/2007

Na noite de 18 de agosto, Andre Matos apresentou o primeiro show em sua carreira solo no Victoria Hall, em São Caetano do Sul, na Grande São Paulo, tendo a oportunidade de mostrar já algumas canções do novo CD “Time To Be Free”.

O show começou às 23h30, com um absurdo atraso de uma hora e meia, que deixou enfurecidos os fãs presentes, principalmente, porque a maioria era composta por adolescentes que se preocupavam com o horário que sairiam de lá.

Com um potente equipamento de luzes, a banda abriu com “Wings of Reality”, do Angra, e emendou com “Distant Thunder”, do Shaman. A primeira música nova do novo trabalho tocada na noite foi “Letting Go”. Até esse momento, a apresentação agradava, mas rolava em temperatura morna.

Andre Matos mostrou que os seus vários anos de carreira lhe deram muita experiência de palco, pois conseguiu ganhar, definitivamente, o público ao se desculpar pelo atraso, que explicou ter sido causado por motivos técnicos e que a banda se sentia igualmente revoltada por isso. Depois do discurso, tocou “Angels Cry” com muito pique e a galera delirou.

O vocalista mostrou estar em forma, cantando muito e alcançando todos os agudos que lhe são característicos. Sua banda se mostrou muito entrosada, afinal, três ex-Shaman fazem parte dela: Luis Mariuti, Hugo Mariuti e Fábio Ribeiro. Os novos integrantes são o guitarrista André Hernandes e o baterista Eloy Casagrande, e ambos tiveram a oportunidade de mostrar seus solos individuais, o que foi bom para conhecê-los e ver que são muito talentosos. O guitarrista: extremamente rápido, técnico e preciso. O baterista, de apenas 16 anos, tocou com muita energia, pegada e fez um ótimo trabalho de pedal duplo em seu solo.

A banda apresentou outras composições do Angra, como “Lisbon”, “Nothing to Say”, “Make Believe”, e do Shaman, como a pesadíssima “Turn Away”. Um dos maiores destaques foi, como sempre, a participação do público, que apesar de pequeno, se fez ouvir em “Living for the Night”, dos tempos de Andre Matos no Viper. Destaque também para a faixa título do novo CD, “To Be Free”, uma canção direta com um ótimo refrão, e que tem grandes chances de se tornar uma das preferidas pelos seus fãs.

Após quase duas horas de show, Andre Matos e banda fecharam a noite com a obrigatória “Carry On”, do disco de estréia do Angra.

 

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s